logo
icone

Apresentação


A academia paraense de júri – APJ – a 2ª do Brasil no gênero, foi fundada em 11 de abril de 1998, pelo advogado Osvaldo Serrão, Vice-Presidente da Associação Brasileira dos advogados Criminalistas.

É uma instituição sem fins lucrativos, voltada ao aperfeiçoamento dos Operadores do Direito: Magistrados; Promotores de Justiça; Policiais e especialmente os Universitários, inocentes vítimas do deficiente ensino jurídico.

Com o quadro de docentes formado por renomados profissionais do Direito, a APJ vem promovendo uma série de eventos de repercussão nacional: 1º e 2º Curso de Prática de Júri, Curso sobre o Novo Código de Trânsito, curso de Oratória, Curso de Especialização em Balística Forense, Seminário de Balística Forense...

Sobre o “1º Curso de Prática de Júri”, há fatos memoráveis: foram duas turmas compostas por Juízes de Direito, Advogados, Delegados de Polícia e Universitários. O “Grande Julgamento”, que encerrou o evento, realizado no salão de júri do Tribunal de Justiça, sob o comando do Dr. José Geraldo Antonio, magistrado que presidiu os julgamentos dos episódios Daniela Perez, Vigário Geral e Candelária.

Em todas as suas promoções, a APJ tem contado com o apoio da PAB-PA, Escola Superior de Advocacia do Pará, Academia Brasileira de Direito Criminal e associação Brasileira dos Advogados Criminalistas.

O Salão de júri-Modelo da APJ, denominado “Márcio Thomáz Bastos”, homenageia o ilustre criminalista brasileiro, que se fez presente na inauguração. Totalmente informatizada, a APJ oferece aos seus membros: ampla sala de aula, equipada com projetor e slides, retroprojetor, televisores, videocassete, quadro magnético, tela de projeção, sistema de som para gravação e reprodução de debates, câmera filmadora, além de tribunas para julgamentos simulados.

APJ, por fim, não foi criada somente para advogados. Seus objetivos ultrapassam os limites do corporativismo. Na sala, o promotor, o procurador de justiça, o magistrado, o advogado, o policial e o universitário são apenas alunos. Essa miscigenação tem enriquecido os debates e o próprio projeto, na proposição em que cada um contribui com suas experiências e idéias.

icone

Fundadores e Patronos


fundador

Osvaldo Serrão

Fundador do APJ

Osvaldo Serrão é formado em direito pela UFPa há mais de 35 anos, com mais da metade da vida dedicada à advocacia criminal e atuação em mais de mil julgamentos feitos pelo Tribunal do Júri.

fundador

Márcio Thomaz Bastos

Patrono do APJ

Formado em direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (tradicional Largo de São Francisco) na turma de 1958, era casado com Maria Leonor de Castro Bastos.

icone

Contato


Envie-nos uma mensagem





  • Telefone:

  • (91) 3349-3713 / (91) 3349-3745

  • E-mail:

  • contato@apjonline.org

  • Endereço:

  • Rua Domingos Marreiros, 49 Sala 308 - Ed Village Empresarial CEP 66.055-210

icone

Apoios e Parceiros